Petrobras. Relacionamento com Investidores

Petrobras

Relações com Investidores

Criação de empresa no Japão para importação e distribuição de etanol

Rio de Janeiro, 19 de dezembro de 2005 – PETRÓLEO BRASILEIRO S/A - PETROBRAS, [Bovespa: PETR3/PETR4, NYSE: PBR/PBRA, Latibex: XPBR/XPBRA], uma companhia brasileira de energia com atuação internacional,  comunica que sua subsidiária, a Petrobras Internacional Braspetro BV – PIB BV, com sede na Holanda, está criando no Japão a Brazil-Japan Ethanol Co., LtD. (em japonês será Nippaku Ethanol K. K.), com o objetivo de importar e distribuir etanol de origem brasileira, desenvolvendo soluções técnicas e comerciais que resultem no suprimento confiável e de longo prazo de álcool para o mercado japonês. 
 
A Brazil-Japan Ethanol Co., LtD terá a participação acionária de 50% da Petrobras e 50% da Nippon Alcohol Hanbai K.K., que detém 70% do mercado de distribuição de etanol naquele país. A gestão societária será compartilhada pelas duas empresas, unindo os esforços de ambas,  que possuem conhecimento, tecnologia e experiências distintas, para viabilizar a exportação do etanol do Brasil para o Japão em grandes volumes para uso combustível, com qualidade e segurança.
 
A nova empresa buscará soluções técnicas e  comerciais para introduzir o etanol na matriz energética japonesa, em substituição aos combustíveis fósseis, de forma a reduzir a emissão de gases causadores do efeito estufa, como o dióxido de carbono (CO2), contribuindo assim para o sucesso do protocolo de Quioto. Em vigor desde 16 de fevereiro de 2005, o protocolo prevê a redução, por parte dos países industrializados, das emissões dos seis gases que provocam o aquecimento da atmosfera, e é considerado o mais promissor dos cerca de 200 acordos sobre o ambiente das Nações Unidas.

Estrategicamente, a criação da Brazil-Japan Ethanol Co., LtD. alinha-se ao objetivo fixado no Planejamento Estratégico 2005-2015 de internacionalização dos negócios, permitindo à Petrobras entrar em um dos mercados mais  complexos e importantes de energia do mundo, tanto na sua logística de distribuição de  etanol, como também podendo abrir outras oportunidades para a Companhia no setor de distribuição de combustível no Japão.

Última atualização em 

Close