Petrobras. Relacionamento com Investidores

Petrobras

Relações com Investidores

Comercialidade de mais três novos campos de Gás e Petróleo Leve

Rio de Janeiro, 29 de dezembro de 2005 – PETRÓLEO BRASILEIRO S/A - PETROBRAS, [Bovespa: PETR3/PETR4, NYSE: PBR/PBRA, Latibex: XPBR/XPBRA], uma companhia brasileira de energia com atuação internacional, comunica que encaminhou hoje, dia 29, à Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) declaração de comercialidade de três novos campos de petróleo e gás: Uruguá e Tambaú, na Bacia de Santos, e Canapu, na Bacia Marítima do Espírito Santo, todos operados com exclusividade pela Petrobras, que possui 100% da concessão. Com isso elevam-se para cinco as declarações de comercialidade de campos de óleo e gás, efetivadas pela Petrobras em 2005.
As outras duas foram o campo gigante de Papa – Terra, na Bacia de Campos, e Inhambu, na Bacia Terrestre do Espírito Santo.
 
Os campos de Uruguá e Tambaú estão situados na Bacia de Santos, em frente à cidade do Rio do Janeiro, a 160 km da costa, em lâmina d’água entre 1.000 e 1400 metros e sãoresultantes dos planos de avaliação do antigo Bloco BS-500.

 

O campo de Uruguá é constituído por uma acumulação  de petróleo leve e outra de gás. Inicialmente foi descoberta a jazida de gás  pelo poço exploratório 1-RJS-587, com um volume estimado, in situ, de 34,4 bilhões de metros cúbicos (217 milhões de barris de óleo equivalente). A acumulação de petróleo foi  descoberta pelo poço 1-RJS-621 e possui um volume estimado, in situ, de 250 milhões de barris de 33 graus API. O volume de petróleo e gás do campo, in situ, está estimado em 467 milhões de barris de óleo equivalente.
 
Descoberto pelo poço 1-RJS-625, o campo de Tambaú é formado por uma acumulação de gás com volume estimado, in situ, de 48,5 bilhões de metros cúbicos (305 milhões de barris de óleo equivalente).
 
Os estudos geológicos preliminares indicam, para o Campo de Canapu, na Bacia Marítima do Espírito Santo, volume estimado, in situ, de cerca de 8,5 bilhões de metros cúbicos de gás (53,5 milhões de barris de óleo equivalente) e 47,2 milhões de barris de condensado e óleo, totalizando 100,7 milhões de barris de óleo equivalente in situ. Canapu está localizado a cerca de 100 km a Nordeste do litoral da cidade de Vitória e 17 km a Leste do campo de óleo de Golfinho. 
 
O poço descobridor, 4-ESS-138-ES, foi perfurado em lâmina d’água de 1.608 metros e atravessou reservatórios com uma espessura de rocha porosa de 54 metros, saturada de gás, condensado e óleo. Os primeiros testes mostraram excelente produtividade de gás. 

Essas declarações de cormercialidade  informam o volume de petróleo in situ, que é o total de óleo e gás dos campos e que ainda dependem de maior avaliação técnica para se definir os volumes recuperáveis, pois tratam-se de bacias novas que merecem maiores estudos e que estes volumes variam de campo a campo. Na declaração de comercialidade do campo gigante Papa-Terra, já estão indicados os volumes recuperáveis do campo, por se tratar de uma Bacia bem conhecida. A Petrobras tem um importante programa chamado de PRAVAP - Programa de Recuperação Avançada de Petróleo, criado em 1993 com o objetivo de aumentar o fator de recuperação de seus campos, prolongando ao máximo sua produção, de forma econômica e ambientalmente correta.

Fatos recentes
 
Com essas, eleva-se para quatro as declarações de comercialidade formalizadas pela Petrobras, somente nesta semana. A outra foi o campo Gigante de Papa-Terra, na Bacia de Campos, com potencial de volume recuperável  estimado entre 700 milhões e 1 bilhão de barris de óleo equivalente e início de produção previsto para o final de 2011. Também nesta semana foi anunciada a descoberta de nova acumulação de óleo de 28º API no campo de Marlim Leste, abrindo uma nova fronteira exploratória na Bacia  de Campos, que poderá resultar em outras descobertas de óleo mais leve e de melhor qualidade.
 
Também em 2005 foi declarada a comercialidade do campo de Inhambu, na Bacia Terrestre do Espírito Santo, município de Jaguaré, a 180 km de Vitória. Além disso, a companhia anunciou, também em 2005, a descoberta de petróleo de excelente qualidade no município de Esplanada, no Recôncavo Baiano. Estas duas notícias refletem a retomada do esforço da Petrobras nas bacias terrestres brasileiras.
 
Esses resultados recentes tornam cada vez mais próxima a meta traçada no Plano Estratégico da Petrobras de elevar a produção de óleo e gás natural para 2.860.000 barris por dia em 2010, somente no Brasil.

Além de garantir o crescimento contínuo da produção, as novas descobertas demonstram o acerto do programa exploratório da companhia, que enfatiza a atuação em águas profundas e ultraprofundas, as pesquisas em novas fronteiras e a retomada dos trabalhos em terra, para permitir uma relação reserva /produção de longo prazo e, conseqüentemente, garantir a sustentabilidade da auto-suficiência, que será alcançada nos próximos meses.
 

Para maiores informações, favor contatar:
PETRÓLEO BRASILEIRO S.A – PETROBRAS

Relacionamento com Investidores
Raul Adalberto de Campos – Gerente Executivo
E-mail:  petroinvest@petrobras.com.br
Av. República do Chile, 65  -  2202 - B
20031-912 – Rio de Janeiro, RJ
Telefone: (55-21) 3224-1510 /9947
0800-282-1540  

Última atualização em 

Close