Relacionamento com Investidores

Rio de Janeiro, 12 de setembro de 2014 – Petróleo Brasileiro S.A. – Petrobras informa que a produção consolidada de petróleo e gás natural da Petrobras, no Brasil e no exterior, alcançou 2 milhões 759 mil barris de óleo equivalente por dia (boed) em agosto, aumentando em 2,2% a produção registrada em julho, que foi de 2 milhões e 699 mil boed.

Produção de petróleo no Brasil cresceu 2,7% em relação a julho

A produção de petróleo da Petrobras no Brasil atingiu em agosto a média de 2 milhões  105 mil barris/dia (bpd), aumentando em 2,7% a produção de julho, que foi de 2 milhões 49 mil bpd. Com relação à produção total de petróleo operada pela Petrobras no Brasil, que inclui a parcela operada pela Companhia para seus parceiros, foi atingido em agosto o valor de 2 milhões 232 mil bpd – valor 3,7% superior aos 2 milhões 152 mil bpd que haviam sido alcançado no mês de julho.

A produção total de petróleo e gás natural da Petrobras no Brasil foi de 2 milhões 551 mil boed, indicando um aumento de 2,9 % em relação a julho (2 milhões  479 mil barris  boed). A produção total de óleo e gás natural operada pela Petrobras no Brasil, por sua vez, foi de 2 milhões 736 mil boed no mês de agosto, 3,9% acima do volume obtido em julho (2 milhões 634 mil boed).
 
Crescimento da produção

O crescimento da produção decorreu, principalmente, do aumento do volume produzido pelas plataformas P-55, no campo de Roncador (Bacia de Campos), P-58, que começou a operar em março no Parque das Baleias (área norte da Bacia de Campos), e FPSO Cidade de Paraty, em Lula Nordeste (Bacia de Santos).
  
No mês de agosto, 11 novos poços offshore iniciaram a produção nas bacias de Santos e Campos e, com eles, um total de 47 novos poços já entraram em operação no ano de 2014. Com a chegada da embarcação do tipo PLSV (Pipe Laying Support Vessel) NO 105, da McDermott, em 30 de agosto, a frota da Companhia atingiu 15 embarcações.

Produção crescente no pré-sal

A produção da camada pré-sal atingiu em agosto o valor de 532 mil bpd. No dia 25 de agosto foi registrada a maior produção diária no pré-sal das Bacias de Santos e Campos, no valor de 581 mil bpd. Essas vazões também incluem a parte operada pela Petrobras para seus parceiros, e foram obtidas após a entrada em produção do poço LL-28 no FPSO Cidade de Paraty, que elevou o patamar de produção dessa unidade para 95 mil bpd, com três poços.

Paradas de produção para manutenção e Novas plataformas


Cumprindo planejamento da Companhia, em agosto foram executadas paradas para manutenção em algumas plataformas, o que resultou na interrupção temporária de 25 mil bpd na produção média do mês. Entre as unidades que tiveram a produção interrompida para manutenção, destacam-se: P-56, no campo de Marlim Sul e P-19, no campo de Marlim. Essas unidades já retornaram à sua produção normal.

Produção de gás natural

A produção diária de 71 milhões 22 mil metros cúbicos de gás, em agosto, superou em 4% a produção do mês anterior, que foi de 68,3 milhões m³/d. A produção de gás operada pela Petrobras, que inclui a parcela operada para as empresas parceiras, alcançou 80 milhões 151 mil m³/dia, 4,7% acima dos 76,6 milhões m³/dia de no mês de julho. Registre-se o início da exportação de gás da P-62 em 30 de agosto.

Produção no exterior em agosto foi de 208 mil barris de óleo equivalente

No exterior foram produzidos, no mês de agosto, 208 mil barris de óleo equivalente por dia (boed), representando uma queda de 5,3% em relação aos 219,7 mil boed produzidos no mês anterior.

A produção média de óleo em agosto, de 115 mil barris de óleo por dia (bpd), ficou 4,3% abaixo dos 120,1 mil bpd produzidos no mês anterior e a produção média de gás natural no exterior foi de 15 milhões 807 mil m³/d, 6,6 % abaixo do volume produzido no mês de julho, que foi de 16 milhões 921 mil m³/d.

Essas reduções são devidas, predominantemente, a uma menor produção de gás e líquidos (LGN e condensado) no Lote 57 do Campo de Kinteroni, no Peru, como consequência de uma menor demanda por exportação de GNL a partir desse país.

Produção informada à ANP

A produção total informada à ANP foi de 10.507.616,94 m³ de óleo e 2.604.926,66 mil m³ de gás em agosto de 2014. Essa produção corresponde à produção total das concessões em que a Petrobras atua como operadora. Não estão incluídos os volumes do Xisto, LGN e produção de parceiros onde a Petrobras não é operadora.
 

 

 

 

 
 

 

Índice de Sustentabilidade da Dow JonesA Petrobras é signatária do Pacto Global da ONU desde 2003 Petrobras adere ao Pac to Global da ONU